24 de abril de 2013

o "largo da estaçãozinha"

1

 pensando bem...














2

Um espaço aberto
Uma abertura no tecido
Um respiro, por assim dizer.
Um lugar de tanta história
De tantas memórias que poderiam continuar
Um restinho lindo de ontem
Derretendo
Sendo distribuído no vento de tanto esperar
Que graça tem um estacionamento?
E outras faltas de usos..


3

  


4



ótima ideia do Ítalo Stephan (prof. do depto. de Arquitetura e Urbanismo/UFV)
coisas que eu não tinha pensado:
- gostei do parque linear em frente a estação, com plantas e bancos
- gostei do teto verde no predinho anexo
- gostei da ampliação com vidro
outros acréscimos:
- minha ideia do parquinho infantil parece que encaixa
- acho que um espaço inteiro para um "diretório" é pouco uso, que tal um café? lá dentro poderia haver uma pequena mesa com essas informações, fora o atrativo a mais deixaria o lugar sempre movimentado. O café oferece proteção às crianças do parquinho pois está sempre cheia de pares de olhos..
- talvez a parte envidraçada pudesse ser uma parada coberta, deixando a galeria mais protegida no edifício existente. Os usuários do trem poem entrar pela galeria em seu horário de funcionamento, e assim movimentar a galeria.

5



juntando as partes boas e tentando manter uma linguagem coerente.

6

que tal?