24 de abril de 2013

o "largo da estaçãozinha"

1

 pensando bem...














2

Um espaço aberto
Uma abertura no tecido
Um respiro, por assim dizer.
Um lugar de tanta história
De tantas memórias que poderiam continuar
Um restinho lindo de ontem
Derretendo
Sendo distribuído no vento de tanto esperar
Que graça tem um estacionamento?
E outras faltas de usos..


3

  


4



ótima ideia do Ítalo Stephan (prof. do depto. de Arquitetura e Urbanismo/UFV)
coisas que eu não tinha pensado:
- gostei do parque linear em frente a estação, com plantas e bancos
- gostei do teto verde no predinho anexo
- gostei da ampliação com vidro
outros acréscimos:
- minha ideia do parquinho infantil parece que encaixa
- acho que um espaço inteiro para um "diretório" é pouco uso, que tal um café? lá dentro poderia haver uma pequena mesa com essas informações, fora o atrativo a mais deixaria o lugar sempre movimentado. O café oferece proteção às crianças do parquinho pois está sempre cheia de pares de olhos..
- talvez a parte envidraçada pudesse ser uma parada coberta, deixando a galeria mais protegida no edifício existente. Os usuários do trem poem entrar pela galeria em seu horário de funcionamento, e assim movimentar a galeria.

5



juntando as partes boas e tentando manter uma linguagem coerente.

6

que tal?

8 de fevereiro de 2013

Escavação urbana

















“A forma de uma cidade pode mudar mais depressa que o coração dos homens”
(Bernard Lepetit)

A cidade é um sítio arqueológico complexo. Camadas espaciais e temporais sobrepostas, escritas e reescritas. Não é preciso muita esperteza para perceber isso, uma coisa tão simples como a chuva já revela muita informação interessante.

6 de fevereiro de 2013

Jogo dos sete erros



















Uma das portas mais bonitas de Viçosa fica logo abaixo da sacada mais graciosa e bem no meio do dos dejetos urbanos.

 1. Na parede lateral do fórum está fixado um cartaz “proibido jogar lixo” e bem em baixo dele um ponto de coleta da preitura. Falha de comunicação?
2. Por que as pessoas insistem em colocar os sacos de lixo fora das lixeiras?
3. Todo esse lixo bloqueia um dos acessos ao Fórum. Será que o pessoal que elaborou a rota de incêndio do prédio previa isto?
4. Correntes e cadeados no lugar de consertar uma fechadura...
5. Trocaram as grades e restauraram a sacada, mas faltou acabamento
6. Quando a gente vai parar de gambiarrar a fiação?
7. A falta de manutenção e pintura quase passa despercebida em meio a tantos outros agravantes. Mas eu vi tudinho, vi sim!

20 de janeiro de 2013

# dica - o flâneur precisa de planos


Os muitos planos do flâneur são o que farão de sua flanância uma contribuição significativa. O mundo precisa de pessoas que vagam pelas ruas, precisa das diferentes perspectivas, camadas e fantasias. Antes de pegar seu caderno ou máquina fotográfica para flanar, trace os seus planos.