8 de fevereiro de 2013

Escavação urbana

















“A forma de uma cidade pode mudar mais depressa que o coração dos homens”
(Bernard Lepetit)

A cidade é um sítio arqueológico complexo. Camadas espaciais e temporais sobrepostas, escritas e reescritas. Não é preciso muita esperteza para perceber isso, uma coisa tão simples como a chuva já revela muita informação interessante.

Nenhum comentário:

Postar um comentário